For A Better Place - Portugal

terça-feira, dezembro 06, 2005

O Fiel Jardineiro - The Constant Gardener: The Movie

O filme "O Fiel Jardineiro" (The Constant Gardener) é uma mistura explosiva que só poderia dar certa. Baseado no romance best-seller de John Le Carré, do realizador brasileiro Fernando Meirelles (Cidade de Deus), com o actor Ralph Fiennes (Paciente Inglês, A Lista de Schindler, Dragão Vermelho) como protagonista.
O filme passa-se nos dias de hoje, tem como cenário Londres e uma região africana devastada pela fome, pela SIDA e pela tuberculose, e tem como fio condutor todo o processo de envio de medicamentos contra a SIDA e contra a tuberculose para as populações dessa região africana.
O filme mostra como é que funcionam os governos, as ONG's e as agências humanitárias em cenários como as regiões africanas devastadas pela guerra, pela fome ou pela SIDA.
Contudo o filme vem levantar questões, dúvidas e suspeitas sobre o bom funcionamento e a transparência dessas entidades e das suas acções nesses cenários, em que existem conflitos de interesses.
O filme conta a história de Justin Quayle (Ralph Fiennes), do Alto-Comissariado britânico e professor universitário de Relações Internacionais, que se apaixona e casa com uma aluna, Tessa Quayle, que é uma humanitária activista dos direitos humanos e da justiça e igualdade entre povos. Tessa descobre que o processo de envio de medicamentos contra a SIDA para uma região afriacana não está a ser transparente e envolve-se demasiado para pressionar e até denunciar as entidades envolvidas, e acaba por ser assassinada. Justin, que sempre foi calmo e discreto, e que nunca se envolveu no activismo e nas causas da mulher, vai tentar descobrir o que se encontra por detrás do seu assassinato. Contudo, ao perceber que a teia de pessoas envolvidas é imensa e muito poderosa, que será impossível descobrir quem deu a ordem para matar a mulher, e que o mais certo é ser também ele assassinado antes disso, Justin acaba por desanimar, perder a esperança e as forças. Mas justiça há-de ser feita.
O filme é a confirmação da genialidade de Fernando Meirelles e da grandiosidade do actor Ralph Fiennes.
Um filme como este tem tanta ou mais importância do que um evento como o programa de Oprah Winfrey na África do Sul ou o Live 8 no sentido de sensibilizar os cidadãos para os problemas da sociedade mundial e no sentido de os mobilizar para serem cidadãos preocupados, interessados e activos no que toca a questões humanitárias.